EMERGÊNCIA - 47 3422.3132

Microchip


MicrochipVocê que é um dono consciente e cuida da saúde de seu animal de estimação já deve ter ouvido falar sobre a implantação dos microchips. Muitos inclusive, já têm o dispositivo. Eles servem para identificar os animais, facilitar a localização do tutor, reduzir o índice de abandono e possibilitam melhor controle populacional e de zoonoses.

A implantação está prevista de acordo com o decreto municipal número 20.644, de 15 de maio deste ano, regulamentando a Lei Complementar 360, do final de 2011, que prevê que todos os animais recebam o dispositivo dentro de um prazo de dois anos.

Preocupado em garantir que todos recebam o microchip, o Cães & Gatos Centro Veterinário já oferece o serviço de implantação, além de toda a explicação sobre as vantagens em fazer o procedimento. Basta entrar em contato com a nossa equipe e agendar um atendimento. A implantação do microchip deve sempre ser feita por um veterinário.

O que irá constar no microchip?

O microchip possui o número de identificação do animal. Através deste número será possível obter informações como: nome do animal e dados de seu tutor. É importante ter o cuidado para que as informações estejam sempre atualizadas. A implantação do microchip deve sempre ser feita por um veterinário.

Como será possível obter os dados do microchip?

A identificação será possível com a utilização de scanner portátil que rapidamente identifica o número do animal e todas as informações para contato com o tutor. O método será bastante útil em casos de perda, ou até mesmo roubo. Para identificar algum animal basta ir até um centro veterinário equipado com o scanner.

Mantenha os dados atualizados

É importante que o dono e o médico veterinário do Cães & Gatos estejam sempre em contato. O profissional sempre fará as atualizações dos dados clínicos e o dono deverá informar sempre que ocorra alguma mudança como de endereço ou telefone, por exemplo.

Qual é a melhor idade para aplicar o microchip?

Com dez dias de vida o pet já poderá receber o dispositivo, porém a indicação é que seja feita junto com a vacina Múltipla, que ocorre por volta dos três meses de idade.

Método indolor

O método de implantação é indolor e muito parecido com a aplicação de uma vacina. O microchip tem aproximadamente o tamanho de um grão de arroz. Não existe rejeição ou efeito colateral.

Prazo para regularização

O prazo para o registro eletrônico é de dois anos, a contar do dia 15 de maio de 2013.

Quem não se adequar estará sujeito a multa

Os tutores que não se adequarem à lei poderão receber penalidades como advertências e multas, que vão de 2 a 10 UPM´s (o valor da UPM de agosto é de R$ 209,44).

Confira alguns links sobre o assunto: